03 maio 2006

Comerciantes Mangualdenses prejudicados com obras na futura A25

Portugal vai receber, entre os próximos dias 23 de Maio e 4 de Junho, o Campeonato da Europa de Sub-21, que vai decorrer nos Distritos de Aveiro, Braga e Porto (final). Por este motivo, o nosso País vai ser visitado por muitos adeptos desta modalidade desportiva.
Mangualde, que fica bem junto ao IP5, futura A25, a principal via de acesso à Europa, neste momento tem a principal saída para Mangualde encerrada. Os turistas, emigrantes e os adeptos deste desporto rei, se sentirem algum interesse para visitarem esta cidade, têm que sair no nó de Fagilde e percorrer mais alguns quilómetros em sentido inverso.
Já no Campeonato Europeu, realizado em 2004 neste país, o executivo Mangualdense prometeu muitas realizações para atrair turismo estrangeiro a estas terras de Azurara o que não veio a acontecer. Com o Campeonato da Europa de Sub-21 - 2006, igualmente nada foi feito.
Os empresários Mangualdenses já vêem fugir muitos dos seus clientes para a vizinha cidade de Viseu, «agora com mais esta agravante, muito dificilmente beneficiaremos com esta realização», desabafava um comerciante ao Terreiro.

9 comentários:

rutebruno disse...

bom para uns, dizem, mau para outros, afirmam...
Afinal depois de tanta misturada, quem tem razão?
todos ou nenhuns?

al cardoso disse...

E pena, mas as obras para ficarem prontas tem esses inconvenientes, mas que elas (as obras) se prolongam a tempo isso e verdade.

Um abraco amigo.

Ps: Parabens pelo novo visual

pistoleiro disse...

Pois é um pena, mas Mangualde tem outra saída e mais importente que a saída de Fagilde, se não repare, se estamos a pensar em turistas e adeptos de Futebol, porque não anunciar uma entrada para a cidade de Mangualde no nó n.º 21 em Chãs de Tavares, assim as pessoas até percorrem umas poucas aldeias deste concelho, a estrada agora está boa não têm de andar para trás e os turistas ficam com a ideia de Mangualde ser maior, pensando bem até dever ser boa ideia.

Anónimo disse...

é a força a Associação empresarial ! ! mexe muito, tem tanta influência que só visto !

e já agora o nó vai ficar pronto antes do dia 23

margarida disse...

Passa no meu blog tenho lá um desafio para ti!

GreenSky disse...

Vou propor á CMM que invista em veículos descapotáveis (vulgo carro de mão) e que os ofereça aos comerciantes para que possam fazer algum negócio á porta dos estádios, já que Maomé não vai á montanha vai a montanha a Maomé.
Se querem que as pessoas parem em Mangualde, devem fazer cá as actividades, as obras é só uma desculpa; porque quando se fizeram os jogos de futebol de areia choveram criticas de despesismo Camarário, se não se faz nada a culpa é das obras na IP… tangas.

Um abraço

TSFM disse...

Eu quando em Junho for ao Rock in Rio, a Lisboa, também não vou parar em Coimbra para ir visitar os comerciantes locais…haja ou não obras na estrada…
Esta é definitivamente uma não notícia.

REDOF disse...

Se metermos umas portagens e obrigatoriedade de parar, só deixando passar quem apresente uma carica de consumo de uma bebida com cápsula, promovemos o comércio da cidade e não nos podem acusar de “mangualdite aguda”.

Um abraço forte de um mangualdense convicto e também doente!

CMatos disse...

Subscrevo os comentários do greensky e TSFM.