04 outubro 2006

Numa cozinha em Mangualde, Três filhos dormem ao lado dos pais






Um casal do Bairro da Senhora do castelo, Mangualde, vive com três filhos de tenra idade, o Diogo de 11 anos, Eduardo de 9 e Xavier de 7, num espaço onde nem a luz do sol entra, sem qualquer privacidade.

As crianças dormem lado a lado com os pais. O Casal diz já ter procurado sensibilizar as autoridades responsáveis pela Segurança Social e Autarquia de Mangualde, mas até ao momento em que deram a conhecer o caso a Rádio Mangualde, ninguém se interessou pelo problema.
Vivem nestas condições desde o dia 25 de Dezembro de 2005, quando um incêndio lhe destruiu dois quartos, corredor e uma parte da casa de banho. Agora, João Pinto e Sandra Almeida vivem na cozinha com os três filhos, todos ao monte. É ali que dormem, comem e tomam banho.
Para o casal esta é uma situação insustentável. O espaço onde a família vive é propriedade da CP, mas devido ao incêndio não tem condições.
A família tenta mesmo assim ter a casa limpa e arrumada. As crianças andam asseadas além de o incêndio lhes ter queimado toda a roupa que possuíam. Frequentam as escolas do primeiro ciclo em Mangualde e brincam na rua. A desilusão surge no momento em que cai a noite e se juntam todos na cozinha, para ir dormir. “Gostava muito de ter a casa como tinha antigamente e dormir no meu quarto”, disse o Diogo, de onze anos.
Para João Pinto, o homem da casa. “Julgo que seria fácil para a Câmara já ter resolvido esta situação. Assim, podíamos estar mais à vontade. Não é fácil viver numa cozinha com três filhos menores a dormir ao nosso lado”, disse.


O presidente da Câmara, Soares Marques, quando tomou conhecimento dos protestos desta família, garantiu que no Inverno que se aproxima a casa já terá o mínimo de condições.


A CMM começou as obras esta semana e adivinha-se uma resolução do problema.

3 comentários:

CMatos disse...

Vou deixar uma pergunta no ar: E se fosse a MINHA casa?

N'linha disse...

Toda a sorte do mundo para essa família.
Bom fim-de-semana.

TSFM disse...

Tantyo tempo para remediar uma situação tão premente!??