13 março 2008

Tradição secular do "Amentar das Almas" recuperada em Mangualde

Mangualde, cumpre no próximo dia 15 de Março, Sábado, pelas 21:00 horas, a tradição secular do "amentar das almas", orações cantadas pela rua em louvor dos que já morreram.


A iniciativa, também conhecida por "encomendação das almas", é promovida pelo GCR de Santo Amaro de Azurara e pelo Centro Cultural Distrital de Viseu, que pretendem assim preservar uma tradição ancestral da época da Quaresma.
O desfilar dos grupos participantes, começa às 21 horas no Largo da Misericórdia em Mangualde. Os participantes vão trazer à mente as almas, percorrendo um pequeno espaço do largo, parando em frente da porta principal da Igreja da Misericórdia.
Participam nesta primeira realização na cidade de Mangualde, os cantares de Santo Amaro de Azurara - Mangualde; cantares de Alcofra - Vouzela; cantares de Abravezes e cantares de Travassós – Orgens - Viseu .
Colaboram nesta iniciativa, a Câmara Municipal de Mangualde; Junta de Freguesia de Mangualde; INATEL (Gabinete de Etnografia); Paróquia de Mangualde e Santa Casa da Misericórdia de Mangualde


4 comentários:

al cardoso disse...

Uma excelente iniciativa!

Pelas "Terras d'Algodres", tambem ainda presiste uma cerimonia muito particular que se realiza na antiga vila de Algodres, chama-se: "Regrar os Passos" usam-se canticos originais que ja pouca gente sabe, enquanto em procissao se visitam os "passos" montados em nichos de cantaria.
Com o envelhecimento acentuado da gente das aldeias, esta tradicao tem provavelmente os dias contados se a Camara de Fornos nao seguir o exemplo da de Mangualde!

Um abraco de amizade e felizes festas pascais.

TSFM disse...

Este tipo de iniciativas devia ser bastante mais vular que o que é. Mais uma vez o GCR de Santo Amaro "dá á luz" uma brilhante iniciativa. A cultura em Manualde é assim, vai aparecendo vinda sempre de quem sabe.

Alex disse...

Que pena estar longe e não poder assistir.
Parabéns ao GCR de Santo Anaro pela iniciativa.
Bom trabalho

Alex disse...

Que pena estar longe e não poder assistir.
Parabéns ao GCR de Santo Anaro pela iniciativa.
Bom trabalho