24 março 2006

A placa que quebrou … o protocolo

No passado dia 13 de Março, foi descerrada uma placa toponímica numa das ruas desta cidade. A este acontecimento, muitos cidadãos de todos os quadrantes da nossa sociedade, se associaram a esta iniciativa, para assim, poder prestar homenagem ao Cónego Manuel Cruz Monteiro. Algumas vozes após este acto se ouviram, criticando a forma como esta homenagem de descerrar a placa foi organizada. A ausência do Presidente da Junta de Freguesia foi notada. Houve até alguns comentários, feitos no blog de Agnelo Figueiredo “Pensar Mangualde”, que na altura deu pequena nota do acontecimento. Joaquim Fernando diz num dos referidos comentários não compreender que, “para a sua inauguração (da placa, claro) não tenha sido informado e mais, convidado, o Presidente da Junta de Freguesia e membro da comissão de toponímia, onde a referida rua se situa. É imperdoável. Cheira-me a revanchismo político. Ou estarei enganado?”. Este comentário levou o Vereador da autarquia Mangualdense e responsável pelo Pelouro do Ordenamento neste Concelho, a admitir que, se foi como se afirmou, “foi um erro de protocolo”. Agora o Presidente da J.F. de Mangualde, Bernardino Azevedo, vem a terreiro dizer que, não esteve presente porque não foi sequer informado de tal evento. E mais sublinha, “Se tivesse tido conhecimento, concerteza que evitaria que a referida placa fosse afixada em pleno Largo da Misericórdia. Teria sido colocada no início da Rua, conforme a proposta n.º 11 que foi aprovada na reunião de 01 de Março de 2006, em que foi aprovado o nome desta Rua, assim como, de mais de 80 na Cidade e seus Bairros” O Presidente da Junta disse que, se tivessem seguido a resolução de proposta da Comissão de toponímia, de que faz parte, “Tinha havido mais rigor e evitavam-se despesas”. Bernardino Azevedo, faz ainda um apelo “ Folgo que finalmente se tenha iniciado este processo que tantos prejuízos e incómodos têm causado aos residentes da nossa cidade. Espero é que as restantes oitenta placas também já estejam feitas, e que brevemente sejam colocadas”.

13 comentários:

mcoho disse...

é curioso como est acâmara se esquece tanto destas coisas como protocolos...
eu já percebi que na câmara ninguem fala com ninguem, todos trabalham isoladamente às escondidas dos outros. é verdade... Nem o presidente ao que parece sabe atempadamente dos acordos dos vereadores.
Mas é evidente que não se esquece o presidente da junta de Mangualde... Não interessava

ferreira disse...

é uma vergonha, ninguem se entende, ninguem sabe quem manda...enfim, depois vem dizer que foi um erro de protocolo.
Estamos entregues a isto...

Miguel disse...

Na minha terra, dizem:
"Ganda Barrecada"!

Os votos de um BOM FDS!

Bjks da Matilde

JSilvio disse...

=)

Tenho quero uma placa com o meu nome...

bom fim de semana =)

eu disse...

Ultimamente andas muito virado para a vida social e política da terrinha. Um cidadão preocupado, muito bem.
Abraço

rutebruno disse...

tenho mesmo de ir a malgualde, invades-me a minha curiosidade!
o verdadeiro modelo do nosso país!

TSFM disse...

No comments...

JL disse...

Se foi erro de protocolo que sirva para aprendizagem futura de forma a que não se repita.

o mangas disse...

Estas situações não vão lá com protocolos.

Há determinados eventos, nos quais, determinadas instituições não podem nem devem ser esquecidas ou relegadas para segundo plano.

Tal está esta como aquela em que José Socrates efectuou discurso sobre discurso, nas últimas presidenciais, e depois quis passar um atestado de ignorância aos Portugueses dizendo que desconhecia o facto de Manuel Alegre estar a falar.

Erro de protocolo é esta falta de humildade reinante em Mangualde.
Que vergonha!

GreenSky disse...

Havia algum lanche bem regado?

Anónimo disse...

Olá.Ainda relativamente à rua, parece que houve outro erro! Aonde aquela rua, que abrange as duas casas, a beje e a azul, afinal pertencem ao Largo da Misericórdia. A rua deveria começar apenas na casa do "Lázaro".Foi-me também dito que a junta tinha documentos enviados pela câmara,a dizerem isso mesmo, e que a Junta já tinha pedido um parecer à Câmara. Eu, pessoalmente, sempre conheci aquilo como Lr. da Misericórdia, mas eles lá sabem, ou não?!?!

Anónimo disse...

Mas afinal meus senhores, será que os ditos Homens e Senhores bem formados da Minha Terra, deixaram de ter vergonha. Será que são desonestos. será que são corruptos?.
Mas passeiam garbosamente por Mangualde como pessoas de bem.

Zel disse...

Senão sabem o que fazer no próximo sábado dia 1, que dizem desta......

A ideia

Vejam já quem são os "corajosos"

Os Inscritos


Também , há opiniões, que devem ser respeitadas


o Reforço

Eu que ando mortinho por conhecer.tanta gentinha...

Grande abraço....aparece