04 agosto 2006

Actos de "vandalismo" vão destruindo património arbóreo de Mangualde

O concelho de Mangualde tem sido alvo, nos últimos meses, de actos de vandalismo que foram já matéria de jornais e blog’s. O caso mais recente refere-se à destruição de um conjunto extenso de árvores na Av. Da Estação, junto à nova rotunda da Gândara.

Um importante núcleo arbóreo na Avenida da Estação, na cidade de Mangualde, foi alvo de um indiscriminado abate.
Este foi um dos últimos actos de vandalismo ecológico registado no concelho. O abandono e os maus-tratos infligidos ao património arbóreo neste concelho, deveria urgentemente, ser alvo de uma investigação para apurar responsabilidades.
Muitos municípios portugueses olham para a arborização de uma forma atenta e consciente, em Mangualde, nada nem ninguém consegue por cobro a estes atentados.
Faz pouco tempo, que o abandono e os maus-tratos infligidos ao património arbóreo nas cidades esteve a ser debatido, no Parque Biológico de Vila Nova de Gaia, pela voz do investigador americano Gary Watson, numa conferência promovida no âmbito das Jornadas de Arboricultura Urbana da Sociedade Portuguesa de Arboricultura (SPA).
No encontro, subordinado ao tema «Raízes em ambiente urbano», foram discutidas as agressões de que são vítimas as árvores nos limites das estradas. O corte de raízes devido à realização de obras e a trasladação são dois exemplos daquilo que a SPA considera ser “a delapidação do património arbóreo comum”. Ao mesmo tempo, as possibilidades de preservação e protecção foram analisados pelo especialista convidado. Por isso, um conjunto de experiências de investigação produzidas nos últimos anos esteve em cima da mesa, de modo a concluir sobre quais os melhores métodos para “obstar a situações negativas no que respeita ao arvoredo urbano”.

9 comentários:

José Miguel Marques disse...

realmente tens toda a razão, para mais numa época em que começamos a viver determinados efeitos no clima por nunca termos respeitado o meio ambiente e feito todas as análises possiveis e prévias às construções e decisões que tomámos no passado, seria de esperar mais não só de quem decide, mas também das próprias pessoas que ainda pensam que tudo é natural e que a natureza tudo absorve e resolve.
os meus parabéns pela chamada de atenção para um problema gravissimo no nosso concelho

Crónicas de Ariana disse...

Mais uma triste notícia...

BJS

Crónicas de Ariana disse...

Até parece que as árvores incomodam aqueles que as vandalizam.
Será uma nova técnica para substituir os incêndios?!

BlueShell disse...

Não sei a razão de tal acto...se é que há uma razão!...seja como for...acho péssimo...mau, muito mau, mesmo!!!

Beijos
BShell

Online disse...

Ler estes posts é melhor que ler o 24Horas ou o Correio da Manhã ou mesmo o Jornal O Crime.
Bravo! Excelente trabalho Senhor Terreiro.

omocho disse...

este online só sabe dizer uma coisa. Muito gostava de saber porque não comenta. Até sei mas enfim.. É como eu digo. é o posso quero e mando

sattelite disse...

É mais um atentado ao estilo do quero, posso e mando mangualdense...é vergonhoso este tipo de acções. Realmente Mangualde cada vez me entristece mais. E os mangualdenses não são capazes de se insurgir contra nada? Não há ninguém que faça um abaixoassinado para demostrar o descontentamento?
Custa-me a crer que todos os mangualdenses estão de acordo com este crime...

Anónimo disse...

ES UM PALHAÇO

Anónimo disse...

This is very interesting site... » »